Pesquisar este blog

sábado, 31 de agosto de 2013

Na manhã de sexta feira, 30, a nossa reportagem foi procurado pelo senhor FRANCISCO RABELO, de 81 anos de idade, que denunciou a falda de remédio no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) do município.

O senhor FRANCISCO RABELO que mora na Rua Brasil, numero 1.211, Bairro Bom Jardim, disse a nossa reportagem que a sua filhaLUZANIRA SOUSA SILVA, de 50 anos, desde recém-nascida sofre de epilepsia que é uma doença neurológica crônica grave e que a mesma precisa tomar o remédio (Tegretol) para controlar os ataques, a mesma não pode ficar sem o medicamento, porem quando isso acontece ela fica bastante agitada. Segundo ele já é a quarta fez que vai a CAPS atrás do remédio, mas a resposta que recebe é que não tem o remédio e nem previsão para chegar. Já não aguentado tendo descaso com a saúde de Itaituba revolveu denunciar na imprensa a falta de responsabilidade e de compromisso da Secretaria de Saúde do Município ORENICE CABRAL que jogou a saúde de Itaituba na lama. 
Não tem remédios também nas unidades de saúde, chegando ao cumulo do absurdo de não ter agulhas e luvas cirúrgicas em alguns postos da cidade. Essa não é a primeira que paciente do CAPSdenuncia a falta de remédio no local, há alguns dias atrás o senhorRAIMUNDO PAULINHO DE LIMA, morador do Distrito de Marituba também denunciou a falta de medicamento no local.
O que esta acontecendo com saúde de Itaituba que esta péssima, é falta de remédios nos postos de saúde, ambulâncias quebradas, raio- x quebrado, falta de especialistas na cidade, entre outros absurdos que esta acontecendo no município. A Secretaria de Saúde não tem responsabilidade e muito menos competência para administrar a saúde de Itaituba que a cada dia que esta pior. Sabemos que todo mês o recurso da saúde é sagrado não falha, e agora a pergunta onde esta sendo investido esse dinheiro?
Fonte: Junior Ribeiro...
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog