Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de março de 2012

Reunião realizada no DNIT.

Não chegou a um consenso a reunião entre manifestantes e o representante da CBMI realizada ontem no escritório local do DNIT. Com este impasse, A interdição da BR 163 continua, apenas mudou de local, agora os manifestantes estão acampados em frente ao alojamento da empresa no Trairão. 

Os empresários fornecedores e representantes de funcionários da empresa CBMI foram para a negociação com a expectativa de um acordo, mais receberam um verdadeiro balde de água fria. O porta-voz enviado do rio grande do sul parecia não conhecer o projeto e muito menos as dividas contraídas pela empresa e fez uma proposta muito abaixo do esperado pela comissão.


Novo local da manifestação- foto:portaltrairense.

Diante da oferta, os fornecedores anunciaram que não irão voltar atrás e permanecer com a interdição até que o pagamento seja efetuado. A empresa por sua vez, anunciou que vai começar a pagar as rescisões dos funcionários a partir da segunda feira de maneira gradativa, mais ainda é pouco para os manifestantes.

O interlocutor da CBMI não quis dar declarações oficiais a imprensa, e disse que a empresa vai continuar negociando com os fornecedores, ele também não falou sobre a saúde financeira da empresa. 


Procurado pela imprensa o diretor do escritório local do DNIT, ele informou que todos os repasses de medições foram pagos a empresa, O DNIT também esta cobrando a permanência da empresa na rodovia para cumprir o contrato de pavimentação. 

Diante do impasse e, a liberação total da rodovia esta longe do final. Mais os manifestantes estão liberando pelo menos uma hora por dia a passagem de veículos.

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog