Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de março de 2012

Marcelo, o criminoso "Em cara de homem não se bate"

O último final de semana, domingo dia 25, foi sangrento em Itaituba. Além do assassinato de Mosa no Clube Cheira Peido, esse com características de crime de encomenda, também como resultado de uma farra ocorreu outro crime bárbaro em uma Fazenda na Comunidade do Itapacurazinho. 

Mãe desesperada chorando a morte do filho,causada pela maldita manguaça

A vítima segundo testemunhas desde cedo bebia em companhia do seu “amigo da Onça”, Marcelo Silva Ferreira de 21 anos, quando em determinado momento se desentenderam e Marcelo matou Clebson Rocha , com um tiro a queima roupa acertando o trabalhador braçal no peito utilizando uma espingarda cartucheira.


Sobre o motivo de ter matado o amigo de bebedeira, o criminoso em seu depoimento na 19ª Seccional disse que matou Cleberson porque o mesmo teria dado um tapa na sua cara e como em cara de homem não se bate, o criminosos não deixou barato e atirou . Com extrema frieza o assassino disse que não está arrependido e que se tivesse outra oportunidade faria tudo de novo. 


Aos prantos ao ver o corpo do filho estirado no chão, a mãe da vítima disse que seu filho havia saído na quarta feira onde estava trabalhando na fazenda que serviu de cenário do crime, e que Marcelo Ferreira era amigo de Cleberson.


O assassino foi preso em flagrante horas depois pelo patrulhamento da PM comandado pelo sargento Adelson, sem esboçar qualquer reação, até mesmo pelo lastimável estado de embriaguês alcoólica em que ainda se encontrava. 


Crédito das fotos: Junior Ribeiro
Texto Nazareno Santos
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog