Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Crime passional chocou população de Alenquer
Dona Júlia foi brutalmente assassinada com várias facadas pelo corpo

Um crime envolvendo um casal que aconteceu no último final de semana no município de Alenquer, Oeste do Pará, durante uma rotineira discussão chocou os moradores da cidade. A doméstica, conhecida como “Dona Júlia”, de 60 anos, foi assassinada dentro da residência de sua filha pelo ex-marido Joanes Nunes da Cruz.


O crime aconteceu dentro do Residencial Luiz Quezado Filgueiras, no bairro Independência, onde no momento da desavença, Joanes desferiu várias facadas na sua ex-companheira, entre elas, uma no rosto, outra na altura do abdômen e a derradeira que atingiu o coração da senhora.

No local, um parente do casal tentou conter o derramamento de sangue da anciã, enquanto esperava o atendimento médico.

Joanes Nunes após cometer o crime se matou com tiro de espingarda

A vítima ainda chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e conduzida para o Hospital Santo Antônio, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos após ter sido atingida pelo ex-marido.

De acordo com o delegado titular de Alenquer, Dr. Herbert Farias Júnior, após o assassino ter consumado o crime na quadra 06, casa de número 06, se evadiu do local e, seguiu para a residência onde morava. Não agüentando o fato de viver sem o seu antigo amor tomou dois frascos de raticida, pegou a cartucheira e atirou no seu próprio peito, concluindo assim o crime considerado passional.


Mesmo não estando juntos há vários meses, Joanes sustentava a ex-esposa e, que por conta disso as visitas eram de rotina. Segundo os familiares da vítima, tudo o que aconteceu foi motivado pelo fato de Joanes não aceitar a separação, após 52 anos de casamento. Fonte: RG 15/O Impacto


Reações:

1 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog