Pesquisar este blog

domingo, 31 de março de 2013


Eliene Nunes, quando em campanha comprometeu-se, em fazer um Governo Transparente, valorizar o dinheiro público através de obras de qualidades, praticar a política de valorização da opinião pública, com maior presença do cidadão na administração pública.
Mas o que se nota é um cenário totalmente oposto, secretários que ignoram os legítimos representantes do povo, os vereadores. Imaginem qual tratamento é dado ao cidadão humilde quando busca atendimento.

Ruas que mais parecem cenário de guerra, devido a falta de manutenção, causando prejuízos para quem depende delas para trabalhar, que somos todos nós. Não podemos deixar de lembrar dos taxistas e mototaxistas, que dependem das ruas em boas condições para trabalhar diariamente, e, nas condições em que as ruas se encontram somente trabalham para pagar os donos de autopeças. 
Tão grave quanto o já citado é a falta de transparência com as obras de revitalização das Praças do Cidadão e do Congresso. Faltam nas duas obras as placas de identificação, que são obrigatórias em todas as obras públicas. Isto é assegurado pela Constituição Federal (Art. 37, Parágrafo § 1°), que trata da transparência, controle e fiscalização das obras públicas para da acessibilidade às informações.
Em toda obra ou serviço custeado pelos Poderes Públicos Municipais, executada por terceiros, deve constar placa e dizeres sobre os dados referentes à realização da obra, constando, obrigatoriamente:

1. Data de início e término da obra;
2. A finalidade da obra;
3. Dados referentes às empresas executoras da obra;
4. Número do contrato administrativo ou procedimento licitatório;
5. Valor contratado para realização da obra;
6. Contato do órgão de fiscalização;
7. Endereço para visita integral do processo de licitação
8. O nome do engenheiro responsável pela obra.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog