Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Começa a valer a partir desta quarta-feira (30) o reajuste no preço do combustível. Sem somar os impostos, o reajuste autorizado na refinaria foi de 6,6 % na gasolina e de 5,4 % no diesel.

Este é primeiro reajuste dos combustíveis autorizado pelo governo federal em 2013. Segundo o Dieese-PA, diferente do último reajuste ocorrido nos combustíveis em Junho de 2012 que atingiu apenas as refinarias, desta vez o impacto será direto para o consumidor. O paraense deve sentir ainda mais o aumento do preço, já que o reajuste varia de acordo com a alíquota de ICMS de cada estado e a do Pará é uma das maiores.
De acordo com o órgão, o reajuste, sobretudo do diesel, irá impactar principalmente sobre o preço dos fretes. Assim, segundo avalia do Diesse-PA, os alimentos básicos devem ficar mais caros.Para o empresário do setor de transporte escolar, Érick Pombo, o reajuste funciona como um efeito dominó. “Aumenta a gasolina, aumenta também o preços das peças do carro, a manutenção, tudo”, conta o empresário, que atua há 20 anos no mercado.

Para Érick, o aumento no preço do combustível é algo esperado, mas que atrapalha os negócios. “Ao ano, o reajuste chega a 24%. E esse valor nunca pode ser repassado integralmente ao cliente, porque senão eles cancelam o contrato. Então a gente acaba assumindo o prejuízo”, diz.

De acordo com pesquisa do Dieese-PA realizada na segunda-feira (28), o preço médio do litro da gasolina comum comercializada em Belém é R$ 2,760. O menor preço encontrado por litro foi R$ 2,650 e o maior foi R$ 2,949. Já o preço médio do litro do óleo diesel está sendo comercializado em Belém em torno de R$ 2,159. O menor preço encontrado por litro foi R$ 1,972 e o maior foi R$ 2,392.

Fonte: G1 PA
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog