Pesquisar este blog

segunda-feira, 10 de outubro de 2011



Desde que o ex-prefeito Roselito Soares teve o seu mandato cassado pela justiça, o nome da professora Eliene Nunes passou a estar em evidencia no cenário político do município, só que nas ultimas vinte horas ela se transformou no centro das atenções, por causa da sua decisão repentina de deixar o PSDB e se filiar no nanico PSD que vai fazer a sua estreia nas eleições do ano que vem.



Depois dessa mudança de partido o que se comenta é, aonde vai chegar a carreira política da professora Eliene? Nesse momento eu me arisco a dizer que a lugar nenhum.

Na política é preciso ter convicção de pensamento, lealdade com seus pares e respeito ao eleitor para conquistar a sua confiança. E essa troca de partido no apagar das luzes e da forma como tudo aconteceu, pegou muito mal para a professora Eliene, que está iniciando na política partidária.

Como, por exemplo, ela vai explicar essa atitude para o eleito simpático à sua candidatura? Impressão pior ainda ficou para o pessoal do PSDB que depois de fazer festa para o lançamento de sua pré-candidatura e pousar para fotos como se o partido já estivesse engatado a marcha da campanha, de repente vê que tudo aquilo não passou de uma grande encenação.

Quem se deixou levar por aquela euforia, o sentimento agora é de decepção... Mas tem gente dentro do próprio PSDB que está rindo a toa, pois vê agora o caminho aberto para o partido se aproximar de vez do governo municipal. E como eu já disse algumas vezes aqui, PSDB e PMDB caminham para estarem juntos nas eleições do ano que vem.

Os caciques dos dois partidos lá em cima trabalham nesse sentido e quem a aqui em baixo vai se opor a isso? Dudimar Paxiuba poderia ser, mas, ele é dos que se considera traído pela professora Eliene Nunes e talvez não tenha mais disposição para tentar juntar os cacos que ainda restam do PSDB.

Nessa história toda parece que o grande beneficiado foi o prefeito Valmir Climaco que vê o palanque do seu principal adversário ser desmontado antes mesmo da campanha começar. Com isso Valmir ficou ainda mais a vontade para usar a força da maquina para continuar cooptando nas fileiras adversárias os melhores quadros para o seu partido.

Quanto à professora Eliene resta ainda saber se no nanico PSD ela terá condições de formar um grupo que lhe dê condições de disputar a eleição com alguma chance de vitoria. Na política às vezes, uma mexida errada pode botar tudo a perder... A não ser que a professora Eliene tenha algum trunfo na manga que ninguém ainda não saiba o qual é... Pode ser!



Então vamos esperar pra ver se a sua trajetória na política municipal vai ser de ascensão ou de queda depois de provocar todo esse reboliço.



Comentário do jornalista Weliton Lima no telejornal Focalizando

Ele é diretor de Jornalismo da TV Tapajoara

Itaituba – quinta-feira, 06/10/2011Fonte: Blog do Jota Parente
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog