Pesquisar este blog

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O povo da região Oeste do Estado, apesar de não concordar, respeita a opinião de todos paraenses contrários da divisão do Estado do Pará. Se eu morasse em Belém num bom apartamento, tivesse acesso a bons hospitais, boas escolas e faculdades, usasse água tratada e meu carro andasse sobre asfalto, pudesse assistir filmes em cinemas, comprar e curtir em shoping, frequentar praias, etc.. votaria, com certeza, para que minhas mordomias continuassem. Votaria não a divisão e continuaria vindo ao Oeste apenas vender meu cacau ou meus bois. Acontece que aqui não temos nada disso. Somos esquecidos por aqueles que querem o Pará unido, para beneficios deles. Saúde, educação, segurança, água encanada, esgoto, pavimentação, vicinais trafegáveis, lazer, qualidade de vida e apoio aos agricultores são sonhos distantes. Para se ter uma idéia, a ex-governadora Ana Júlia nunca visitou nossa cidade. Os investimentos públicos em nossa região são praticamente zero. O Estado do Pará só nos manda migalhas, quando manda. Se não fosse algum apoio do governo federal, não teriamos nada. Se o legítimo paraense visitasse nossa região, com a família, votaria sim para divisão ao presenciar tamanho abandono e descaso que vivemos. Se a divisão vai melhorar nossa região, não sei. Mas, com certeza, vamos trabalhar muito para termos dias melhores e construirmos um grande estado."




Questão interessante, a cerca do discurso das frentes de defesa à não divisão, é que só se fala em NÃO PERDER..., NÃO ENTREGAR..., NÃO DEIXAR LEVAR..., onde deveria ser VAMOS INTEGRAR..., VAMOS DESENVOLVER..., VAMOS CRESCER.

Fica nítido que a preocupação é continuar sustentando o padrão de vida da "capital" com as riquezas do "interior".

A face mais clara dessa intenção é que os "caciques" das frentes contra a divisão e as "celebridades" que emprestam suas imagens para a campanha NÃO SÃO DA REGIÃO SEPARATISTA.

Será que queremos um estado melhor ou apenas não perder a nossa mordomia?

Autor do texto AMILTON
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog