Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de junho de 2012


Uma multidão de curiosos se aglomeroun na manha desta quarta-feira (13) no cais da cidade para observar a presença de um jacaré-aço e a tentativa de captura do mesmo que apareceu a uma distancia aproximada de quatrocentos a quinhentos metros da margem do Rio Tapajós.

Os pilotos das voadeiras que fazem a travessia Itaituba-Miritituba-Itaituba tentaram incialmente fazer a captura do enorme jacaré-açu, que mede 3,70 metros de comprimento e aproximadamente 250 kg usando cordas, mas não tiveram êxito em suas tentativas. 
Então o Corpo de Bombeiro foi acionado e assim que chegaram ao local conseguiram imobilizar o animal e o levaram para o quartel da corporação.
O Major Tito comandante do Sétimo GBM estava aguardando a presença de membros do IBAMA ou ICMBIO para orientá-los onde seria o local mais adequado para a soltura do animal.
Mas antes disso os biólogos vão fazer um tratamento de recuperação no animal haja visto que o mesmo estava ferido e muito debilitado e tão logo ele esteja recuperado será levado um lago que fica no Parque Nacional da Amazônia.

O jacaré-açu (Melanosuchus niger) é uma espécie de jacaré exclusiva da América do Sul. Também conhecido como jacaré-negro, é um predador de topo de cadeia alimentar. Exemplares adultos de grandes dimensões podem predar qualquer animal de seu habitat, inclusive outros predadores de topo, como onças, pumas, jiboias e sucuris, se forem surpreendidos por esses animais. Normalmente, se alimenta de pequenos animais, como tartarugas, peixes, capivaras e veados. É uma espécie que esteve à beira da extinção, devido ao valor comercial do seu couro de cor negra e da sua carne. Actualmente, encontra-se protegido e sua população encontra-se estável no Brasil. É a maior espécie de jacaré, com tamanho médio de 3,5 metros e mais de trezentos quilogramas. Já foram encontrados exemplares com mais de 5,5 metros de comprimento e possivelmente meia tonelada de peso.



O termo "jacaré-açu" se origina da língua tupi, através da junção dos termos îakaré ("jacaré") e gûasu("grande")









Foto de Junior Ribeiro
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog