Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de setembro de 2011




A comitiva "Rota da Integração", que saiu de Cuiabá, sábado passado, e chegou à cidade de Santarém (PA), ontem à noite, percorreu mais de 700 km, de Moraes Almeida, distrito de Itaituba, a Santarém, no último dia da viagem. Muitos trechos da BR-163 ainda não estão asfaltados - nem terraplanagem ainda foi feita. Entre Morais Almeida e Miritituba, também em Itaituba, poucos quilômetros estão asfaltados. As pontes de concreto, ao longo do trajeto, estão sendo construídas. Algumas estão em fase inicial.

A BR-163 se une à BR-230 Transamazônica no distrito de Campo Verde, ou Km 30, que dá acesso a Miritituba. As obras estão em andamento naquele local, mas também há muitos quilômetros de terra onde ainda não foram iniciados os trabalhos de asfaltamento. Seguindo para Rurópolis, a estrada está esburacada e nem sinal de início das obras. De Rurópolis a Santarém, a pavimentação está mais acelerada. São aproximadamente 60km de chão, que estão na fase inicial ou nem começaram. O restante do trajeto está asfaltado.

Da divisa de Mato Grosso com Pará até Santarém, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) dividiu o asfaltamento de aproximadamente mil quilômetros em vários lotes. A previsão é terminar a pavimentação da rodovia, viabilizando o corredor de exportação de grãos e madeira do Nortão e Médio Norte até o final de 2012.

O gerente da Comissão de Logística da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e coordenador do Movimento Pró Logística, Edeon Vaz Ferreira, cobrou que o ritmo das obras da BR-163 seja acelerado para ficar pronta na data prevista. “Excedeu as nossas expectativas em alguns trechos, mas tem alguns trechos que nos deixou preocupados. São grandes, que dificilmente estarão concluídos no fim de 2012. De Morais de Almeida a Miritituba, por exemplo, com aproximadamente 154km que estão, realmente. muito atrasados”, afirmou. 

O governador Silval Barbosa, que também percorreu de carro a rodovia, disse ter ficado “muito entusiasmado pela evolução da construção da 163. Está um verdadeiro canteiro de obras e no ritmo que está indo nós vamos ter essa obra, sem duvida nenhuma, até o final de 2012. Se não fechar vai ficar faltando muito pouco”, disse, em Santarém, ao término da Rota da Integração.
politica com pimenta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog