Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de março de 2011


Mesmo diante da decisão da Justiça de Itaituba, que declarou a greve dos professores municipais ilegal, a categoria decidiu em assembléia, na tarde de quarta-feira, que a greve vai continuar por tempo indeterminado, até que a Prefeitura atenda às reivindicações deles.


A coordenação do SINTEPP alega que antes de tomar uma decisão, o juiz Gleucival Estévão não pediu o parecer o Ministério Pública, nem convocou o sindicato para se manifestar.


A respeito das faltas que os professores pegarão durante a greve, a sindicalizada Ana Clara disse que essa é uma questão que a Prefeitura terá que resolver, mas, ela não tem idéia como isso vai acontecer, segundo falou, pois os dias sem aula terão que ser repostos. Logo, os professores que tiverem levado falta não terão que repor aula pelos dias de trabalho não remunerado. Dessa forma, a Prefeitura vai ter que encontrar um meio para resolver essa situação.


Diversos pais de alunos aceitaram o convite do sindicato e foram até a sede do mesmo para dar apoio à greve. Alguns que foram entrevistados pela imprensa foram bastante enfáticos no apoio.
J Parente
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog