Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de março de 2011


Filas assustadoras 
FONTE: blog douglasyamagata
 
       Ontem quarta-feira (16), foi realizada na Câmara Municipal de Itaituba uma audiência pública para discutir a situação atual dos serviços prestados pelas agências bancárias em Itaituba e ouvir as reivindicações e sugestões  para as melhorias. Na ocasião, estiveram presentes vereadores, empresários, autoridades e população em geral.
        O vereador João pereira dos Santos (João Crente) iniciou a reunião falando sobre o tempo em que uma pessoa passa na fila dos bancos para ser atendida. Disse que certa vez um senhor teve que sair de um dos bancos da cidade e tentar fazer suas necessidades fisiológicas na rua em razão da falta de banheiro nos bancos da cidade de Itaituba.
IMAGEM: blogdoloi
        Logo após, o vereador Diomar Figueira expôs o fato de os bancos não possuírem assentos suficientes para acomodar os usuários enquanto aguardam para ser atendidos, sendo que, segundo o vereador, existe uma Lei municipal que regulamenta os serviços bancários na cidade.
        Em seguida, a vereadora Maria Almeida (Maria Pretinha), disse que frequentemente utiliza os serviços do Banco do Brasil e Bradesco. Direcionou um comentário aos gerentes sobre o tempo de espera para atendimento, além da indisponibilidade de água para as pessoas que estão na fila consumirem em função do tempo de permanência.
Na oportunidade, o engenheiro Mário Miranda disse que certa vez foi fazer uma reclamação com um gerente de uma determinada agência bancária da cidade e foi mal atendido pelo mesmo. Mário também abordou sobre a dificuldade de acesso enfrentada pelos portadores de deficiência física quando precisam se dirigir ao banco, onde a estrutura de alguns bancos não lhes oferece mobilidade.       
O gerente da agência da caixa Econômica Federal de Itaituba disse que existem senhas e que as mesmas são específicas para determinados serviços que o usuário deseja.
IMAGEM: site palavraacida
O gerente do Banco do Brasil, Humberto Ribeiro, disse que a agência do Banco do Brasil não necessita de ampliação física. Com relação à reclamação acerca dos depósitos feitos em um determinado dia e creditados somente no dia posterior, disse que pode ocorrer por falhas no sistema e que o processamento do depósito é feito horas depois da referida operação. Humberto disse que o banco disponibiliza três fileiras de cadeiras e que futuramente estará aumentando essa quantidade. No que se refere à quantidade de servidores, disse que atualmente são 21 servidores e que o quadro será aumentado para 24 servidores. Sobre a demora no atendimento, Humberto disse que isso será melhorado com por se tratar de uma das metas do banco do Brasil e que dentro de alguns meses chegarão novas máquinas para agilizar os procedimentos das operações bancárias.    
            O gerente da agência Bradesco de Itaituba, Francisco Oliveira, explicou que os problemas relacionados à insatisfação dos usuários do Bradesco serão analisados e posteriormente aplicadas políticas de melhorias de modo a garantir o usuário possa se sentir mais satisfeito com o atendimento do banco. 
IMAGEM: site do jornal boca

A audiência realizada pela Câmara Municipal de Itaituba foi de grande importância, pois os gerentes das agências bancárias ouviram as solicitações para melhorias e que sem dúvidas serão analisadas e colocadas em prática para o bem de todos que necessitem utilizar os serviços bancários em Itaituba.
Fonte: blog Itaitubahoje.blogspot.com
           
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog