Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012



ASCOM SUSIPE
Entre os cursos oferecidos em parceria com a Seter, estavam mecânica de autos e motos, eletricista, culinária de restaurante e informática avançada

Durante os meses de janeiro e fevereiro deste ano, 180 detentos e egressos da Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe) e seus familiares participam de nove cursos de qualificação profissional nas mais diversas áreas de atuação do mercado. O objetivo é capacitar essas pessoas para reinseri-las no mercado de trabalho.


Os participantes se dividiram em nove turmas, formadas por 20alunos cada, distribuídos nos cursos de mecânica de autos, mecânica de motos, eletricista, pintura predial, culinária de restaurante, informática avançada, assistente administrativo, doces e salgados e cabeleireiro. A iniciativa faz parte do Programa Estadual de Capacitação, do Governo do Pará, efetivado pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego e Renda (Seter) e Susipe.


“Além de qualificarmos essas pessoas, estamos formando cidadãos que vão contribuir com o comércio paraense e gerar renda para ajudar no sustento da família”, disse a professora do curso de doces e salgados, Alba Vieira. Os cursos oferecem, além da prática, aulas teóricas com material didático apostilado, momento em que os alunos são instruídos sobre técnicas de venda, leis trabalhistas, ética e tratamento ao público.


Na Fábrica Esperança, onde a turma recebeu orientações sobre o curso de culinária de restaurante, cinco alunos foram contratados para trabalhar no restaurante da empresa. “É a primeira vez na vida que tenho um emprego. Só tenho a agradecer a Deus e à Susipe por esta grande oportunidade”, disse Maria Helena Almeida, 41 anos, uma das contratadas.


No curso de informática avançada, ministrado na Escola Estadual Magalhães Barata, os alunos aprenderam os conceitos básicos e específicos acerca dos programas de computador e da internet. Segundo o professor Marcello Palheta, “o intuito foi fazer com que eles perdessem o medo de usar o computador, visto que é uma ferramenta tão essencial atualmente no mercado de trabalho”.


Ao final do projeto, todos os participantes receberão certificados de conclusão do curso. A gerente da Divisão de Assistência Integrada da Susipe, Silvina Cunha, disse que a iniciativa cria novas perspectivas de vida para estas pessoas, pois além de capacitá-las, promove a reinserção delas na sociedade e no mercado de trabalho.


Com informações da Agência Pará
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog