Pesquisar este blog

sábado, 3 de novembro de 2012


Enem: 261 mil paraenses participam de provas

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2012) será realizado nos dias 3 e 4 de novembro por 261.123 estudantes paraenses. Os estudantes do Pará precisam ficar atentos com relação ao horário: vai valer o horário de Brasília, ou seja, uma hora a mais nos relógios.

Os portões abrem às 12 horas (horário de Brasília, ou seja, às 11 horas no Pará). Fecham às 13 horas (horário de Brasília), ou ao meio-dia no Pará. A recomendação do Ministério da Educação é que todos os candidatos cheguem ao local das provas até as 11horas, horário local.

O Ministério da Educação orienta o candidato a verificar, com antecedência, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o local de prova. Também é importante conhecer o trajeto até o local antes do dia do exame.

Quando chegar ao local da prova o estudante deverá apresentar um documento de identificação original com foto, que pode ser a carteira de identidade, emitida por Secretaria de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal; identidade expedida pelo Ministério das Relações Exteriores para estrangeiros; identificação fornecida por ordens ou conselhos de classe, que por lei tenham validade como documento de identificação; Carteira de Trabalho e Previdência Social; certificado de reservista; passaporte; ou Carteira Nacional de Habilitação com foto.


Se o candidato tiver perdido o documento de identificação em data anterior às provas será permitido apresentar boletim de ocorrência com data de, no máximo, 90 dias antes da data dos exames. O Enem é composto por quatro provas objetivas, com 45 questões cada, e uma redação. Amanhã, sábado (3), primeiro dia de provas, os candidatos vão responder a questões de ciências humanas e ciências da natureza. No domingo (4), serão aplicadas as provas de linguagens e códigos e de matemática. Além disso, no domingo o aluno fará a redação, que vale 50% da nota total.

Horários

No primeiro dia de provas, os participantes terão quatro horas e meia para responder a todas as questões. No domingo, quando é realizada a redação, o tempo é estendido em uma hora. Com isso, os inscritos terão cinco horas e meia para realizar o exame.

Atenção, cada participante deve ter em mãos apenas uma caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Não será permitido o uso de lápis, borracha e lapiseira. O Inep recomenda que o estudante não leve celular ou tocador de MP3. Caso o candidato esteja portando estes equipamentos, eles deverão permanecer desligados e longe do alcance dele, de acordo com as orientações dos fiscais de prova. É vetado, também, o uso de bonés, chapéus e óculos escuros. Quem quiser, no entanto, está liberado para levar algo para comer, já que o período de prova é muito longo. O ideal são as tradicionais barrinhas de cereal.

Qualquer espécie de consulta ou comunicação com outro participante, o uso de lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros e quaisquer dispositivos eletrônicos, como celulares podem eliminar o candidato. O estudante também será eliminado se deixar a sala de provas antes de completar duas horas do início do exame.
Os participantes só podem levar para casa os cadernos de questões nos últimos 30 minutos de prova. Os três últimos candidatos presentes na sala de provas só são liberados juntos.

Os cadernos são apresentados em cinco cores diferentes: azul, amarelo, branco, rosa e cinza. Antes de iniciar a prova, o candidato deve verificar se o caderno contém a quantidade de questões indicadas no cartão de respostas.

redação

A redação deve ser um texto dissertativo-argumentativo de, no máximo, 30 linhas. O participante deve desenvolver uma reflexão escrita sobre um tema que estará descrito na prova, de ordem política, social ou cultural.

Fonte: Diário do Pará
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog