Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Os veículos eram encomendados pelo indiciado, que mora na cidade de Jussara, no Estado de Goiás. Ele comprava os carros de um homem identificado como Gean H. Borges, que seria de Goiânia. Gean levava os veículos encomendados até a cidade de Jussara para Joaquim. Cada automóvel era vendido por cerca de R$ 9 mil. Os carros eram depois revendidos no Pará, em Castelo dos Sonhos, por valores que variavam de R$ 15 mil e R$ 18 mil.


Joaquim era monitorado pela Polícia Civil de Castelo dos Sonhos. Ele foi preso em um hotel tentando vender o veículo Fiat Strada Adventure, de placa GZL 9292, em nome de Lara Gomes de Lima. Ao ser conduzido para a delegacia, para os procedimentos de praxe, o acusado confessou ter comprado e vendido mais dois veículos na mesma condição.

"Trata-se de uma quadrilha especializada nesses crimes, pois os veículos vendidos por ele aqui no Pará têm todas as suas características falsificadas, como placa, chassi, renavan (Registro Nacional de Veículo Automotor) e motor, bem como os documentos do carro, para que fiquem igual a de um veículo que já está em circulação", explicou o delegado Arthur Braga, responsável pelas investigações.

Ainda segundo ele, os golpistas, ao venderem os veículos clonados, alegavam que se tratava de veículo financiado. "Eles diziam isso aos compradores do veículo, porque os donos desses carros os compraram por financiamento e não teriam condições de pagar pelo carro. Na verdade, os carros são produtos de furto ou de roubo e são adulterados para que pareçam financiados. A adulteração no carro roubado é feita para que ele fique com as mesmas características de um veículo financiado, ficando mais difícil descobrir que se trata de produto de crime", detalhou.

Com a prisão, segundo o delegado, foi desarticulado o distribuidor da quadrilha, que é apenas um braço da organização criminosa por trás de vários assaltos e furtos de veículos na região. As investigações continuam para desarticular e prender os principais mentores do grupo. Joaquim foi preso em flagrante e será indiciado por crimes de estelionato e receptação. As pessoas identificadas que compraram os veículos vendidos por Joaquim responderão por crime de receptação culposa.Texto:

Walrimar Santos - Polícia Civil
Policiais civis desarticularam nesta segunda-feira (12) um esquema de compra e venda de veículos furtados e roubados no distrito de Castelo dos Sonhos, zona rural de Altamira, sudoeste do Pará. O acusado pelo crime é Joaquim Carlos Pereira, conhecido por "Quinca", que foi preso em flagrante. Com ele, três carros modelo Fiat Strada Adventure foram apreendidos.

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog