Pesquisar este blog

terça-feira, 11 de setembro de 2012

DPC Edinaldo Sousa - Superintendente Regional do Tapajós, falando
sobre o sucesso da operação
 
Na manhã do dia 10/09/2012, uma equipe de Policiais Civis sob o comando do DPC Edinaldo Sousa – Superintendente Regional do Tapajós, composta pelos DPC’s Alexandro Napoleão Sant’ana (19ª SUI), Arthur do Rosário Braga (Castelo dos Sonhos), Caio Carmello Rocha Lobo (Novo Progresso) e Cleber Pascoal Silveira de Oliveira (19ª SUI), além dos EPC’s Bibiano, Haroldo e Jaime, e IPC’s Lobo (Chefe de Operações da SRT), Miguel (Chefe de Operações da 19ª SUI), Fagner (Placas), Victor (Novo Progresso), Araújo (Castelo dos Sonhos), juntamente com uma equipe de Policiais Militares sob o comando do SGT PM Rego, efetuou a prisão de nove (09) pessoas que na data de 26/08/2012, por volta das 01h30min, invadiram a Delegacia de Polícia Civil de Castelo dos Sonhos e arrebataram o nacional PAULO SÉRGIO PEREIRA DE SOUSA, que estava sendo submetido à lavratura de auto de prisão em flagrante delito, por haver, momentos antes, ceifado a vida de seu enteado L.S.A., de apenas 04 anos de idade através de degolamento, tendo ainda na ocasião do episódio matado dois animais domésticos e supostamente bebido o sangue dos animais e da criança. 

Policiais civis e militares que participaram da operação, juntamente com
os acusados.

Após o arrebatamento do preso, deu-se início a uma sessão de espancamento, tendo sido utilizados como instrumentos uma barra de ferro e um pedaço de madeira, deixando o crânio de PAULO SÉRGIO totalmente esfacelado. Em ato contínuo a vítima foi eviscerada e teve seu cadáver queimado por populares em verdadeira histeria coletiva, os quais alegavam estar fazendo “justiça” e que “a justiça havia sido feita”.
Diante da gravidade dos fatos, houve determinação oriunda da Secretaria de Estado de Segurança Pública, Delegacia Geral e Diretoria de Polícia do Interior no sentido de que uma equipe de Policiais Civis das Superintendências Regionais do Tapajós e do Baixo e Médio Amazonas, além de policiais do NAI/OESTE, subordinados ao NIP, sob o comando do DPC Edinaldo Sousa se deslocassem até o local para realizar investigações em torno dos fatos, culminando com a identificação de treze (13) pessoas envolvidas diretamente na invasão e depredação da Unidade Policial, além da execução sumária de PAULO SÉRGIO.


O Inquérito Policial instaurado para apurar as circunstâncias dos fatos foi presidido pelo DPC Arthur do Rosário Braga, o qual após ter sido carreada provas materiais e testemunhais, inclusive com robusta produção e recuperação de fotografias feitas no momento do linchamento, representou pela custódia preventiva dos nacionais, JEAN PEREIRA LEITE, VANDERLEI CORREA, EDJANE DOS SANTOS, JOEL LORSCHEITER, GERALDO DE SOUZA CAMPOS FILHO, DUELITON VICTOR ATHAÍDES, LUIZ CLÁUDIO PIETCZAK, MARIA NUNES DA SILVA, ABELINO MOREIRA DOS SANTOS, MAICON SIBULSKI, JAMILSON PAULO DA SILVA, CHAGAS DAS NEVES ou CHAGUINHA e TIAGO DE TAL, cujo decreto prisional foi expedido pelo Meritíssimo Juiz de Direito da Comarca de Novo Progresso-PA – Dr. Antonio José dos Santos.
A Operação teve início ainda no dia 07/09/2012 quando uma equipe precursora composta de quatro (04) policiais civis se dirigiu ao Distrito de Castelo dos Sonhos visando fazer levantamento da localização dos alvos e o monitoramento. Já no dia 09/09/2012, outra equipe se deslocou para a região onde se juntos aos demais policiais civis e aos seis (06) policiais militares, e em seguida, após uma reunião prévia, foram traçadas as diretrizes para o fiel cumprimento dos mandados de prisão, culminando com a prisão de oito (08) pessoas e Castelo dos Sonhos e uma (01) pessoa no Distrito de Moraes Almeida, município de Itaituba, totalizando nove (09) indivíduos presos. Os outros envolvidos no episódio dantesco estão sendo procurados pela polícia no sentido de também serem presos e responsabilizados pelos atos praticados.
Os presos na Operação Respeito e Ordem foram: VANDERLEI CORREA, EDJANE DOS SANTOS, JOEL LORSCHEITER, GERALDO DE SOUZA CAMPOS FILHO, DUELITON VICTOR ATHAÍDES, LUIZ CLÁUDIO PIETCZAK, MARIA NUNES DA SILVA, ABELINO MOREIRA DOS SANTOS e JAMILSON PAULO DA SILVA. Ainda estão foragidos: JEAN PEREIRA LEITE, MAICON SIBULSKI, CHAGAS DAS NEVES ou CHAGUINHA e TIAGO DE TAL.
“As prisões foram motivadas pelo ato desumano e cruel praticados pelos indiciados, os quais sob a alegação de estarem “fazendo justiça” colocou em xeque a própria sobrevivência do Estado quando detentor do jus puniendi, e acabaram por cometer brutal afronta à lei e à ordem pública, além do estado democrático de direito, e exatamente para coibir a eventual repetição de atos dessa natureza, a Secretaria de Segurança Pública agiu impondo o respeito e a ordem” destacou o Superintendente Regional do Tapajós.
VEJA AS FOTOS DA OPERAÇÃO E DOS ACUSADOS: (para ver em tamanho grande, clique em cima das fotos)












FONTE: POLICIA CIVIL
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog