Pesquisar este blog

domingo, 27 de maio de 2012


 Nesta sexta-feira, dia 25.05.2012, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, delegado de polícia civil titular do município de Rurópolis, juntamente, com o escrivão Ronivaldo Colares, transportaram para ser examinadas por peritos no Centro de Perícias Renato Chaves, localizado no Município de Santarém, mais uma motocicleta “envenenada”, isto é, aquelas sem descarga, sem placa e que o condutor sem habilitação, ainda faz questão de se exibir dirigindo perigosamente, causando ruídos perturbadores castrando o direito ao sossego alheio. De acordo com o delegado, Doutor Ariosnaldo Vital Filho, o veículo tipo motocicleta Honda XLR 125, cor vermelha foi apresentado na delegacia de polícia civil no final do mês de abril deste ano, pela guarnição de plantão da polícia militar, sob o comando do competente Sargento Queiroz para as devidas providências legais. Na delegacia foi feita uma rápida inspeção feita pelos policiais civis e militares, ficou constatado que o motor do veículo não era original e o condutor até então não comprovou a legítima procedência do mesmo. Foi instaurado inquérito policial para apuração das infrações que vão desde perturbação ao sossego alheio, direção perigosa e dirigir sem habilitação, enquanto, aguarda-se a confecção do laudo pericial que será enviado pelo CPC-RC\Santarém. Doutor Ariosnaldo afirmou que o direito ao sossego está totalmente ligado a uma sadia qualidade de vida, então, é inadmissível tolerar qualquer tipo de violação, principalmente, quando praticados dolosamente por condutores mal educados e mal intencionados pilotado motos “envenenadas” que, além disso, eles dirigem muitas vezes sem capacete, sem habilitação e perigosamente pelos logradouros da cidade colocando em risco a própria vida e de terceiros, estas pessoas devem ser responsabilizadas por seus atos nos termos legais. “A polícia militar tem realizado um excelente trabalho no combate as infrações de transito, bem como postando barreiras policiais nas rodovias e em vários bairros da cidade, nos mais vários períodos do dia em prol da segurança pública e apresentado os fatos a delegacia de polícia civil para as devidas providências legais. Será aplicado o procedimento policial cabível nos rigores máximo da lei que cada crime prevê”. Enfatizou o delegado Ariosnaldo Vital.
Fonte: Policia Civil
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog