Pesquisar este blog

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Emílio Piccardo, diretor do aeroporto de Itaituba, apresentou seu pedido de exoneração do cargo, sexta-feira passada.


A prefeita Eliene Nunes não aceitou o pedido. Ela deseja que ele continue. Emílio vai entrar em período de férias, e dentro de um mês, quando retornar, terá uma nova conversa com a prefeita. Mas, sua decisão parece ser irrevogável. Ele não pretender continuar como titular dessa diretoria. Os motivos de sua decisão de sair são as poucas condições de trabalho, em um local cujas demandas são enormes e os recursos parcos. Os problemas do aeroporto de Itaituba são antigos. Desde o governo de Wirland Freire o município convive com isso. Com o passar do tempo, conforme as exigências do DAC, depois, da ANAC, foram só aumentando, enquanto a arrecadação do aeródromo diminua. A notícia de que a Infraero passaria a administrar todos os aeroportos do interior da região amazônica, da pela senadora Vanezza Graziotin, acendeu a esperança de que o município possa livrar-se desse abacaxi que lhe entregue quando deixou de ser rentável. Resta esperar para ver se isso vai mesmo acontecer. Fonte: Jota Parente
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog