Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Vereadora Célia Martins (PMN) e Vereador João Paulo (PT)
A vereadora Célia Martins e o vereador João Paulo foram os únicos a questionar o projeto de Lei de autoria do executivo enviado a câmara municipal pedindo autorização da casa para a contratação de temporários.

O projeto foi aprovado pela maioria esmagadora de votos e foi como um rolo compressor em cima dos dois solitários vereadores que discordaram da prefeita Eliene Nunes. A realização do concurso publico em Itaituba foi bastante cobrado em outros governos inclusive por alguns que hoje estão com mandato na câmara municipal, é o caso do vereador Isaac Dias, que gritava nos quatro canto da cidade pela realização do concurso publico e agora se cala diante da nova realidade de fazer parte do governo Eliene Nunes.


Agora todos os vereadores que votaram a favor do projeto de lei terão seus empregos garantido na prefeitura de Itaituba. A prefeita Eliene pode trabalhar a vontade que não terá nenhum impedimento da câmara municipal, inclusive ela nem precisa de líder de governo por que todos querem defende lá.



João Paulo, disse ainda que, o projeto é uma copia fiel do Governo passado, inclusive no papel enviado a câmara de vereadores tinha o timbre a antiga administração, e que o contrato não é uma forma de assegurar um emprego sólido, o vereador, disse que, é preciso lutar pelo concurso publico que vai trazer instabilidade para quem for aprovado, as contrações acabam sendo uma indústria de cabos eleitorais afirmou o vereador.


A vereadora Célia Martins do (PMN), também se pronunciou sobre o assunto, dizendo que, gostaria de saber quais são os critérios que serão usados para a contratação dos temporários, ela falou ainda da aprovação Lei, que foi aprovada apenas no papel, mas que todos os cargos já estão ocupados e a contração é uma carta marcada, diz ainda “se o povo acha que aprovação da lei vai beneficiar eles, estão enganados estão enganados, esta Lei é uma farsa que deixa o povo afastado de participar do governo”
Reações:

8 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog