Pesquisar este blog

sábado, 28 de abril de 2012


A Prefeitura de Itaituba através do Prefeito Valmir Clímaco estará requerendo da União, por meio da Superintendência de Patrimônio da União- SPU uma área que esta sendo utilizada pelo DENIT para a construção de Camelódromo na Hugo de Mendonça. 
Com a finalidade de resolver o problema da trafegabilidade de veículos e pedestres na Rua Dr. Hugo de Mendonça o vereador Luiz Fernando Sadeck o “Peninha” apresentou um Projeto de Lei na Câmara Municipal solicitando a construção de um camelódromo.
Hoje as laterais da Hugo de Mendonça são tomadas de pequenas barracas que impedem que os pedestres andem pelas calçadas, carros e motos estacionam dos dois lados da Rua, deixando um espaço pequeno para a passagem dos veículos, se não bastasse todos esses problemas, caminhões param quase no meio da Rua para descarregar mercadorias em algumas lojas e Ônibus estão circulando pela Rua tomando quase todo o espaço.
Para tentar resolver esse problema o Prefeito Valmir Clímaco de Aguiar vai requer da Superintendência do Patrimônio da União (SPU) uma área do DENIT localiza na 13 de maio com Hugo de Mendonça, para que no local seja construído um Camelódromo (Shopping Popular) para abrigar todos os camelos da Hugo de Mendonça, com isso deixando as calçadas livres para os pedestres.

Na manhã de Sexta Feira o Prefeito Valmir Clímaco, acompanhado do Superintendente do SPU Dr. Lélio Costa Silva e vereadores estiveram visitando o local que tem 805m². Segundo Lélio Costa ele vai fazer o possível para que o processo de doação do local a prefeitura seja feito o mais rápido possível, mas para que isso aconteça à prefeitura tem que apresentar o projeto do camelódromo ao SPU.
Já o prefeito Valmir Clímaco disse em entrevista que a prefeitura vai preparar o projeto o mais rápido para enviar ao SPU. Para dar início as mudanças a Secretaria de Infra-estrutura esta pavimentado toda a Hugo de Mendonça.
O vereador Peninha que também esteve acompanhando a visita no local que ainda pertence ao DENIT, disse que se a doação for concretizada parte do problema da Hugo de Mendonça será resolvido. Para Marcos Cordeiro que trabalha ha bastante tempo na informalidade na Hugo de Mendonça, caso a doação do terreno aconteça pela união, todos os que trabalham nas calçados poderão ter um local adequado para trabalhar. 


Fonte  Junior Ribeiro 
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog