Pesquisar este blog

terça-feira, 17 de abril de 2012


Mais um crime com requinte de crueldade foi registrado em Itaituba, dessa vez o homicídio aconteceu por volta das 19 horas de Domingo 15, na 37ª do Bairro Santo Antonio. Imagens Fortes... 

Segundo o Boletim de ocorrência registrado na 19ª Seccional Urbana da Policia de Itaituba. O crime teria acontecido por que Dhieson Ferreira dos Santos de 22 anos, vulgo “Pé de Pato” e Jean Barroso de 19 anos, teriam se engraçado pela irmã de dos homens que bebiam em um Bar localizado na 2ª Rua do Bairro Vitoria Regia.




Dhieson Ferreira dos Santos.
Enciumado Adriano irmão da moça foi tirar satisfação com Pé de Pato, que teria lhe agredido, Adriano teria retornado ao Bar onde estavam seus amigos, logo em seguida Pé de Pato e Jean que estava com uma faca foram ate ao Bar, e daí começou uma confusão, Jean teria esfaqueado um menor que estava no local, depois da ação os dois saíram correndo em sentido incerto.


Menor esfaqueado por Jean.
Enfurecidos com ação do Pé de Pato e de seu comparsa Jean, os amigos de Adriano e do menor saíram à caça de Dhieson o Pé de Pato e seu parceiro, depois de algum tempo de caça os enfurecidos e revoltados encontraram apenas Dhieson escondido no quintal de uma casa em banheiro desativado, ai começou a brutalidade, os endiabrados usaram um machado e vários pedaços de madeira para bater na cabeça e ceifar a vida de Dheirson, no local as marcas da violência e da brutalidade, era sangue para todo lado, Pé de Pato ainda foi levado para o Hospital Municipal, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu pouco tempo de depois.


Corte profundo na Cabeça da vitima.
Logo após o crime a Policia Militar foi acionada e pouco tempo depois conseguiu prender Magno Rodrigues vulgo “Lorinho” que seria um dos autores do Homicídio e também foi preso Jean Rodrigues parceiro do Pé de Pato, que segundo o delegado foi morto por pelos 05 pessoas.

Pauladas na Cabeça de Pé de Pato.
A Policia Civil esta de posse dos nomes dos envolvidos, agora é uma questão de tempo para que os mesmo sejam presos. Depois de ter participado do crime Lorinho foi se esconder na casa de sua mulher, mas foi impedido, revoltado Lorinho promoveu um quebra, quebra e ateou fogo em pertences de sua esposa.

Dhieson na pedra do HMI.

Menor furado por Jean!

Loirinho um dos acusados do crime.

Pé de Pato, sendo velado.

Pedaço de madeira usado no crime.


Texto: Junior Ribeiro.
Fotos: Jones Marlon e Marcos Couto.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog