Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

O transito Municipal em maus momentos, sem gerencia e sem escrupolos e com isso o proficional do transito (os taxistas e mototaxistas) penan nas mãos do ditador, atual chefe da circunscrição.

Com o intuito de manter informados todos os filiados das Entidades de Classe COOTAX, COPERMOT e SINDIMOTO, com relação às denúncias formuladas por seus respectivos representantes, à administração municipal, sobre os desmandos praticados pelo Senhor Edilson Rodrigues Oliveira, à frente da Chefia da Divisão da Circunscrição Municipal de Transito da COMTRI, o qual no uso das suas atribuições está beneficiando alguns usuários e permissionários do órgão em detrimento de outros, mantendo ingerência sobre todos os setores e atividades do órgão, exceto a Circunscrição para o qual foi nomeado e outras alegações pertinentes, informamos o seguinte:

Ao tomar conhecimento dos fatos, o Sr. Prefeito Municipal determinou de imediato a abertura de uma Auditoria naquele Órgão, COMTRI, para a qual foi designado um Procurador do município muito respeitado por sua ética profissional e conhecimento jurídico, para apuração dos fatos ora relatados e assegurou que no menor espaço de tempo possível as entidades acima citadas teriam uma resposta e conseqüentemente os problemas seriam solucionados, isso criou uma grande expectativa, porque existe a necessidade de manter a igualdade para todos, que o direito de ir e vir naquele órgão seja respeitado sem discriminação das classes, seja ela dos moto taxistas, taxistas ou recorrentes de multas de infração de trânsito, servidores e usuários. Porém, passaram-se quase dois meses e até então não foi apresentado aos interessados o RELATÓRIO FINAL da auditoria, causando descontentamento dos profissionais do serviço de transporte remunerado no município, que acreditam no senso de justiça da Administração Municipal.

Ressalta-se que a Coordenadoria de Trânsito na atual direção, não tem conquistado o seu espaço diante da sociedade, fala-se muito em melhorias, trânsito seguro, campanhas educacionais e no entanto, tudo isso não passa de propaganda. Existe um quadro de agentes investidos no cargo, capacitados, aptos para exercer seu papel na via pública bem como ministrar Palestras Educativas para o ensino fundamental nas escolas da rede municipal, eventos públicos e outros, e para isso seria necessário apenas, a boa vontade dos diretores, mas parece que os mesmos têm receio de perder o cargo para algum desses profissionais, com isso restringe-os da possibilidade de prestar a comunidade esses esclarecimentos que são fundamentais para formar cidadãos conhecedores das normas de trânsito e conscientes das obrigações como usuários das vias públicas.

O Órgão de Trânsito é responsável pela falta, insuficiência ou incorreta colocação da sinalização, não podendo nesses casos serem aplicadas penalidades por sua inobservância, mas a preocupação dos então diretores da COMTRI é perseguir os servidores e disponibilizá-los com justificativas mentirosas e o mais absurdo são as aberturas de sindicâncias. Em pouco tempo todos os funcionários do órgão, os que sobreviverem à ditadura é claro, terão passado por esse processo.

A Campanha Educativa ficou apenas na “Semana Nacional do Trânsito” que ocorreu no mês de setembro e no mais, tudo permanece pior do que era antes.

À hora da Administração municipal tomar conhecimento dos fatos e ouvir as duas partes, diretores e funcionários, é agora. Talvez o amanhã seja muito tarde para reparar os excessos e as injustiças que estão sendo cometidas por esses diretores, cujo objetivo a frente da Coordenadoria de Trânsito é tão somente o interesse particular.

Respeito à cidadania é um direito de todos.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado pela sua participação !

Aquivo deste blog