Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 19 de junho de 2014

Davi Salomão (ex-Comtri)

Agentes depois de uma reunião com a prefeita onde a mesma fez promessas de atender as reivindicações dos agentes

Davi Salomão foi Exonerado e Comtri está abandonada!
Agora é pra valer Davi Salomão foi mesmo exonerado mais o novo coordenador ainda não apareceu na Comtri. A bastante tempo o coordenador não se importava mais com o órgão, depois que foi exonerado nem mesmo os agentes foram informados dessa decisão e estão desenvolvendo suas atividades de forma aleatória sem ninguém para dirigi-los, é assim que está a Comtri agora, sem coordenador e nem diretor da guarda municipal, cada um por si.
Os agentes reclamam do uniforme que já está com mais de dois anos de uso, alguns rasgados e coturno furados, falta respeito com esses profissionais e por conta dessas deficiências eles poderão paralisar a qualquer momento.
É mais Dessa vez não há mais duvida sobre a mudança feita na comtri, saiu o advogado Davi Salomão depois de muitas denuncias festas na imprensa e na câmara de vereadores de Itaituba pelo vereador Isaac Dias.
A situação do ex-coordenador ficou insustentável a partir de um dossiê entregue pelo parlamentar a prefeita que não teve duvidas sobre seu envolvimento e esquemas lucrativos que pode desarticular uma cadeia de corrupção que funcionava dentro do órgão.
Não é suficiente a troca ou substituição do agente publico, é preciso que o novo coordenador faça o que esse que está saindo não fez. Um recadastramento dos permissionários, somente essa atitude será capaz de revelar as irregularidades e como funcionava o esquema de venda de placa.
Fomos informados por fontes seguras de que existe caso de uma única pessoa ser detentora de mais de 10 permissões e isso é imoral e os vereadores não podem compactuar com essa pouca vergonha acontecendo diante dos seus olhos, sem que nada seja feito é preciso uma CPI. Entrar em ação para apurar essas denuncias.
A Prefeita não tinha escolha alertou Isaac, caso ela insistisse em mante-lo no cargo quem perderia o mandato era ela, por improbidade administrativa.
Denuncia de veículos liberados de forma irregular, licenciamento atrasado e cheios de multas.

Emílio Piccardo, diretor do aeroporto de Itaituba, apresentou seu pedido de exoneração do cargo, sexta-feira passada.


A prefeita Eliene Nunes não aceitou o pedido. Ela deseja que ele continue. Emílio vai entrar em período de férias, e dentro de um mês, quando retornar, terá uma nova conversa com a prefeita. Mas, sua decisão parece ser irrevogável. Ele não pretender continuar como titular dessa diretoria. Os motivos de sua decisão de sair são as poucas condições de trabalho, em um local cujas demandas são enormes e os recursos parcos. Os problemas do aeroporto de Itaituba são antigos. Desde o governo de Wirland Freire o município convive com isso. Com o passar do tempo, conforme as exigências do DAC, depois, da ANAC, foram só aumentando, enquanto a arrecadação do aeródromo diminua. A notícia de que a Infraero passaria a administrar todos os aeroportos do interior da região amazônica, da pela senadora Vanezza Graziotin, acendeu a esperança de que o município possa livrar-se desse abacaxi que lhe entregue quando deixou de ser rentável. Resta esperar para ver se isso vai mesmo acontecer. Fonte: Jota Parente

domingo, 15 de junho de 2014

A guarnição integrada por policiais do Grupo Tático operacional se deslocou para cidade de Itaituba, para buscar os cinco policiais indiciados por envolvimento no atentado as residências de dois coronéis da policia militar.

Casco partiu 
A prisão dos envolvidos aconteceu mediante cumprimento de mandado de prisão expedido pela justiça. As investigações realizadas pela corregedoria constatou o envolvimento, e de posse das informações minuciosas colhidas durante o processo investigativo, foi solicitada à justiça a prisão dos envolvidos. Como Itaituba não possui um local adequado para manter policiais presos, foi solicitada a transferência para a capital do estado. A condução dos mesmos ficou sob a responsabilidade da policia militar de Santarém. No deslocamento da equipe do tático ao se aproximar da localidade prainha do Tapajós, próximo de Itaituba, a lancha foi a pique, partindo o casco da embarcação na região conhecida por “calado”. Outra lancha teve que se deslocar da cidade de Santarém para buscar os presos de justiça. 
A equipe do rota News e o Grupo Elias Junior Noticias teve acesso as informações com exclusividade. O que chama a atenção é o fato da lancha envolvida no episódio ter sido entregue recentemente pelo governo do estado, para auxiliar nos trabalhos de policiamento aquático na região do baixo amazonas, seria nova de acordo com o comando geral da policia militar, no entanto, segundo informações repassadas a nossa equipe, o motor é novo e o casco é velho, teria recebido uma pintura apenas para dar uma nova aparência á embarcação.


Fonte : ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS

sábado, 14 de junho de 2014

Com a onda assustadora de assaltos ocorrendo por toda a cidade, principalmente no Jardim das Araras a Policia Militar intensifica suas rondas na tentativa de prender seus autores. Somente na noite desta sexta feira dia 13 foram feitas cinco ocorrências de Bo por pessoas que foram vítimas dos assaltantes que agem em dupla numa motocicleta rendendo suas vítimas com arma de fogo. 


Patrik(21) e o menor são suspeitos por assaltos na cidade.

Num dos assaltos quatro mulheres tiveram que entregar sob mira de revólver seus celulares aos assaltantes.

Com base nas descrições de uma das visitas que disse ter sido assaltada por um homem moreno,estatura média, trajando calça jeans, 
mãe do menor relatando seu drama ao sargento Odenilson
camisa preta e de sandálias a patrulha policial sob comando do sargento Odenilson prendeu por volta das 21 horas Patrik Carmo de Souza de 21 anos e um menor de 14 anos das iniciais F.J.S ambos moradores do residencial Viva Itaituba, como suspeitos prática assaltos na cidade já que com a dupla foi encontrada uma arma calibre 32.
Arma encontrada com os suspeitos



Eles foram presos em frente ao IML quando estavam numa moto POP 100 com a placa OTF 6180 adulterada para dificultar seu reconhecimento. Os suspeitos em sua versão na 19ª delegacia negaram estar praticando assaltos.
Patrick que é maior de 21 anos disse que é garimpeiro na região do Crepurizão e que estava na cidade dando um tempo, mas não tem passagem pela Policia.




O menor disse que conheceu Patrik há poucos dias e que não tem envolvimento com crimes.


Momentos depois ao saber da prisão do filho a mãe do menor que não quis se identificar disse que o mesmo pegou a moto escondida e que a 
os suspeitos foram presos com essa moto POP 100
mesma está documentada sendo de sua propriedade. Garantiu que seu filho estuda e não tem envolvimento com crimes. 
A Policia continuará investigando as razões da dupla estar armada e com a placa da moto adulterada.

Nazareno

Aquivo deste blog