Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014


O deputado Estadual Hilton Aguiar (SOLIDARIEDADE) participou no ultimo dia (25) da reunião da CPI da Telefonia, os integrantes da comissão deverão percorrer vários municípios do Estado para recolher denúncias, bem como tentará traçar um perfil da qualidade do serviço oferecido no Estado pelas operadoras em funcionamento.


A primeira ação da comissão aconteceu no ultimo dia 23, com a primeira “CPI Móvel”, uma van identificada passou a recolher as mais diversas reclamações e denúncias populares sobre telefonia durante a Feira do Artesanato, aos domingos, na Praça da República. 



No domingo seguinte, o serviço também chega ao Portal da Amazônia. Pelo menos seis audiências públicas e oitivas individuais com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e com quatro operadoras em atividade no Estado devem acontecer até o meio do ano.


O deputado Hilton Aguiar, falou das dificuldades que os vários municípios do nosso estado enfrentam com a pessimas condições dos serviços oferecidos pelas empresas de telefonia, em especial nos distritos mais afastados de suas sedes.

Blog do Hilton Aguiar
Um elemento identificado por "maluquinho" já conhecido no mundo do crime em Itaituba foi assassinado a tiros na noite desta quarta feira, 26, no Bairro Piracanã. Ele ainda foi levado com vida para o hospital municipal, mas não resistiu e veio a falecer. Um dos tiros atingiu a cabeça de "maluquinho". O crime aconteceu por volta das 22hs30min. mais informações no blog do junior Ribeiro.
O comando da polícia militar em Itaituba informou que ainda não foi realizada nenhuma prisão referente aos homens que entraram em confronto com reservado da PM.Que tudo não passou de informações falsas, fato comum nesses últimos dias na cidade. O comandante do CPR está acompanhando as operações na região de Pedra Branca onde eles foram vistos e compraram álcool e algodão, confirmando que tem algum ferido, provavelmente dois, pois havia sangue nos bancos da frente e traseiro do veículo apreendido.



O reservado da PM estava buscando informações sobre o assassino da advogada Leda quando se deparou com esse veículo. Um policial chegou próximo à porta do carro e mandou que encostasse, pois iam fazer uma revista, e anunciou que era policial. O desconhecido apontou uma arma para o policial e ameaçando atirar contra o pescoço dele, pediu que entregasse a arma. Duas armas foram roubadas, pois um policial que dava apoio também foi rendido e então o policial foi agredido na cabeça.


Logo que os policiais ficaram em segurança outros integrantes do serviço reservado começaram uma troca de tiros com suspeitos. Um policial saiu com um ferimento no braço e foi conduzido para o HMI juntamente com o atingido com coronhada na cabeça. Os bandidos trocaram de carro porque tiveram um pneu furado na toca de tiros. Eles roubaram outro carro e seguiram pela estrada de Barreiras até um ponto onde a estrada está interrompida, onde abandonaram o carro e seguiram a pé. A PM continua as buscas ao grupo de 04 homens que estariam fortemente armados. Ainda não se sabe o que eles estavam planejando, mas coisa boa não era.


Fonte: ≤≥ blog RPI

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Reviravolta no casa Leda Marta. Poderá ser pedida a prisão preventiva do principal acusado, o ex marido da advogada morta com a filha e uma funcionária da loja belíssima de propriedade de Leda, Professor e advogado Altair dos Santos.
presidente da OAB-Pá(terno preto) está em Itaituba...

Chegou agora pela manhã deste domingo dia 23, por volta de oito horas , em Itaituba o presidente da OAB do Pará Jarbas Vasconcelos, Karen Carneiro, conselheira e Ubirajara Bentes, presidente da OAB - Subseção Santarém que vieram dar apoio a ordem dos Advogados do Brasil Subseção Itaituba. 
Quem matou Leda, Hana e Taynara? O mistério continua

Curiosidade até neste domingo pela manhã.Cena do crime poderá ser prejudicada.

O presidente da OAB veio acompanhar o caso e após ouvir relatos da advogada Cristina Bueno e demais advogados de Itaituba, a imprensa disse que as investigações precisam ser aceleradas, criticou o fato da policia Civil não ter pedido exames de DNA, e também uma falha do delegado Cleber Pascoal que está a frente do caso, a não retenção do Celular de Altair dos Santos, ex esposo da vitima que está sendo considerado o principal suspeito. 
Altair dos Santos, principal suspeito prestou depoimento e foi solto

Além de que a loja deveria estar isolada da curiosidade popular para que não seja contaminada no processo das periciais técnicas. Jarbas Vasconcelos ouviu da OAB local informação de que o acusado já vinha fazendo inúmeras ameaças contra Leda Marta inclusive em uma das mensagens enviada por celular de acordo com a presidente da OAB local que iria matar leda e a própria filha. 
Promotor Público Dr. João foi chamado para intervir no caso

investigações com novas imagens de câmeras

O casal estava divorciado, mas ainda não tinha sido feito ação de partilha de bem. O que mais deixou estarrecido o presidente da OAB foi à liberação do acusado após o mesmo ter prestado depoimento na 19ª Seccional de Policia. Altar foi liberado na madrugada deste domingo (23), mas o presidente da OAB Pará, sugeriu que seja feita sua prisão preventiva até que se chegue a uma conclusão nas investigações por considerar que há fortes indícios do envolvimento do mesmo na chacina. 
advogados(as) querem uma solução para o crime que abalou Itaituba

Quanto a Policia Civil, hoje pela manhã (23) o delegado Cleber Pascoal e sua equipe esteve na Hugo de Mendonça requisitando imagens do circuito interno de outras lojas par ver se encontra mais indícios do criminosos que já aparece em um vídeo caminhando na calçada com uma sacola e entrando na loja belíssima palco da tragédia.
trabalho de investigação continua

Tanto a loja na Travessa Victor campos quanto o escritório da advogada ao lado da Itafrigo continuam fechados para que novas perícias sejam feitas. Em face das informações desencontradas que estão sendo dados no processo da investigação Jarbas Vasconcelos solicitou uma reunião com a Polícia civil e peritos do IML para que alguns pontos ainda obscuros possam ser esclarecidos quanto ao que teria motivado e quem teria perpetrado o crime.
A presidente da OAB Cristina Bueno e outros advogados(as) informou a Jarbas Vasconcelos que o delegado Cleber pascoal teria vinculo de negócios com o acusado e com isso haveria suspeição nas investigações. Outra informação importante é que o Homem visto nas imagens do circuito interno seria um ex presidiário de prenome Fael, conhecido por neguinho, informação essa que teria saído feita pelo empresário Chico da Coca que teria reconhecido o homem da misteriosa imagem, haja vista que um boné esconde detalhes do resto do mesmo.
Mas ainda não há provas concretas sobre quem teria sido o autor do triplo homicídio que estarreceu e revoltou Itaituba pela forma covarde e brutal como ocorreu já que o criminoso não livrou nem a criança de 8 anos de nome Hana Estela .
Informações dão conta que o criminoso desferiu 17 facadas na advogada cinco na funcionária Tainara e três na criança. Uma reunião as 14 horas de hoje entre a OAB-PA e OAB local com a Policia Civil vai colocar em pratos limpos as dúvidas que deixam o crime ainda mais misterioso pela maneira como ocorreu.
Nazareno Santos
O banco do Brasil através da FAT. Fundo de Apoio ao Trabalhador abre uma linha de credito para os taxistas com uma taxa especial e prazos flexíveis, financiamento de até 90% do valor e em até 60 meses e mais só começa a pagar depois do terceiro mês...

QUEM PODE UTILIZAR AS VANTAGENS
Se você tem licença para trabalhar como taxista, ou é novo permissionário, já pode procurar uma agencia do banco do Brasil e pedir a contratação dessa linha de credito especial

Principais vantagens:
* ISENTO DE IOF
* FINANCIAMENTO DE ATÉ 90% DO VALOR DE VEICULO
* FINANCIAMENTO EM ATÉ 60 MESES
* ATÉ E MESES PARA COMEÇAR A PAGAR
* O SEGURO PODE PODE SER FINANCIADO JUNTO COM O VEICULO
* DEBITO EM CONTA CORRENTE




Altair dos Santos, ex-marido da advogada assassinada na noite de ontem, tido como principal suspeito em princípio, foi ouvido pela polícia e liberado.


A Polícia Civil descartou a possibilidade de ter sido ele o autor dos bárbaros crimes.

Todavia, não está descartada sua participação como mandante, o que será uma das linhas de investigação da polícia a partir deste momento.
A advogada Leda Marta e sua filha, mortas de maneira cruel.

Um crime bárbaro com requinte de crueldade chocou Itaituba no sábado dia 22, quando foram assassinadas a advogada, empresária e procuradora jurídica do município Leda Marta, que era paranaense, natural de Palotina, mas estava radicada há vários anos em Itaituba, sua filha Hanna e sua funcionária de prenome Tainara natural de Fordlândia, município de Aveiro.
Leda era da Diretoria da OAB,constituída só por mulheres- Foto-Nazareno Santos


Policia periciando a loja em busca de pistas do criminoso

o Assassinato ocorreu nos fundo da Loja belíssima,no apartamento das vitimas, na trav. Victor Campos. Segundo informações preliminares da Policia a principio o principal suspeito seria o ex marido da advogada, o também advogado Altair dos Santos que está detido para averiguações. 
Ex esposo é suspeito.

Durante a noite de sábado(22) as Policias Civil e militar estiveram averiguando imagens obtidas da empresa Ourominas que fica ao lado do local do triplo assassinato aonde aparece na calçada da loja um homem alto, com boné na cabeça que não teria semelhança física com o acusado. 
polciais analisando imagens da Câmera

Outras câmeras serão requisitadas pela Policia já que se trata de um crime complexo e exige apurada investigação. Nas investigações a Policia deduz que as três foram mortas às 9 da manhã e o assassino teria fugido fechando a porta da loja Belíssima, de propriedade de Leda, quando levou o molho de chaves sem chamar a atenção na rua.
Muitos curiosos no local do crime

Suspeito detido na delegacia,enquanto a policia apura os fatos

Somente por volta das 15 horas quando os corpos foram descobertos é que o IML, Corpo de Bombeiros, Policia Militar e Policia Civil estiveram no local fazendo a remoção dos corpos por volta das 20 horas.
Segundo o delegado Cleber Pascoal que também está envolvido nas investigações do crime, ainda não se pode tirar conclusões sobre a autoria do crime haja vista que as imagens que aparecem no circuito das câmeras não tem a semelhança física do acusado que está detido para que as investigações prossigam até que se obtenha provas consistentes.

Postado por Nazaren

Deputado Hilton Aguiar, Prefeito de Aurora do Pará, Jorge Chicó, vereador Joelson Chicó, e secretários acompanharam a obra de construção de um micro sistema de abastecimento de água

Deputado Hilton Aguiar esteve reunido na ultima quinta - feira (20) em Aurora do Pará com lideranças deste município, o parlamentar também acompanha o andamento da obra de construção de um micro sistema de abastecimento de água, que está sendo feito através de emenda sua. A obra está sendo realizada no bairro Aparecida. O mesmo vai garantir abastecimento de água para mais de 250 famílias neste bairro, buscando melhoria e desenvolvimento para toda comunidade Aurorense.


Deputado Hilton Aguiar e vereador Giovani Aguiar reunido com o Prefeito de Aurora do Pará, Jorge Chicó, vereador Joelson Chicó, e secretários do município.



Logo em seguida o Deputado Hilton Aguiar ( SOLIDARIEDADE ), acompanhado do vereador Geovani Aguiar (PSC de Santarém) esteve reunido com o Prefeito Jorge Chicó, vereador Joelson Chicó, e secretários do município, onde discutiram projetos para desenvolvimento deste município.


Deputado Hilton Aguiar, Prefeito de Aurora do Pará, Jorge Chicó, vereador Joelson Chicó, e secretários acompanharam a obra de construção de um micro sistema de abastecimento de água


Deputado Hilton Aguiar, Prefeito de Aurora do Pará, Jorge Chicó, vereador Joelson Chicó, e secretários acompanharam a obra de construção de um micro sistema de abastecimento de água

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Um grupo de pessoas que reivindicam o direito de ter os documentos de seus terrenos residenciais ainda continuam acampados em frente a prefeitura na esperança de serem atendidos pela prefeita que ainda se nega em atendê-los.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Sem tetos
Iniciou na tarde de segunda feira, (17), em frente à Prefeitura de Itaituba, um manifesto realizado por membros da Associação dos Amigos sem Tetos de Itaituba (ADSTI).
Os manifestantes estão pedindo títulos definitivos dos terrenos que ocupam. A maioria deles é de uma área conhecida com Valmirlândia, próximo ao Conjunto Habitacional “Minha Casa, Minha Vida” do Piracanã. Os manifestantes dizem que só sairão do local, quando tiverem alguma resposta do Município, sendo que eles estão preparados para ficar no local por tempo indeterminado. Tanto é que montaram uma barraca para passar a noite e levaram vários alimentos para poder ficar o tempo que for necessário no local.

Polícia Militar foi acionada para controlar manifestação
Como havia crianças no local, o Conselho Tutelar foi chamado para averiguar a situação. Também a Polícia Militar foi acionada, devido a informação inicial ser de que os manifestante iriam invadir a Prefeitura, mas a manifestação é pacifica. A rua está interditada e até agora os manifestantes não tiveram nenhuma resposta do Município.
A revolta da população é grande com o descaso da prefeita Eliene Nunes com os sem tetos, bem como todos são unânimes em dizer que a atual administração municipal é um grande fracasso.


Sem tetos estão revoltados com prefeita Eliene Nunes 

Manifestantes montaram barraca e protesto será por tempo indeterminável

Fonte: RG 15/O Impacto e Junior Ribeiro
Trabalhadores são obrigados a sentar no chão à espera de atendimento
O Ministério do Trabalho e Emprego de Itaituba ocupa o vergonhoso ranking de segunda pior delegacia regional de Trabalho no Brasil, perdendo apenas para Santarém. Nossa reportagem esteve presente na manifestação dos funcionários ocorrida na manhã de terça-feira, dia 18 e pode constatar o cenário de filme de terror que existe em uma instituição federal tão importante, mas literalmente abandonada.
Banheiros não funcionam, o único veículo está parado por falta de reparos, móveis quebrados, iluminação precária e para completar o caos, o aluguel do prédio que pertence ao empresário Ivan D Almeida está atrasado desde 2010, estando, inclusive, com ordem de despejo.

Móveis estão velhos e quebrados, sem falar no aluguel do imóvel que está atrasado desde 2010
O desleixo é tão explícito que centenas de pessoas que estiveram na manhã de terça-feira, como tem sido de rotina por falta de cadeiras, se viram obrigar a sentar no chão enquanto idosos e mulheres grávidas foram vistos em pé na imensa fila. Os poucos funcionários mesmo trabalhando em condições sub-humanas estiveram no decorrer do expediente atendendo.
Em carta aberta distribuída à população, a frente de reivindicações e SINTESEP/PA – Regional Tapajós, coloca sua exposição de motivos do protesto que ocorre em todo o Brasil e agora em Itaituba, esclarecendo que o prédio da SRTE- (Superintendência Regional do Trabalho e Emprego) está sem condições de funcionamento, com infiltrações nas paredes, exposição de ferragens da laje, precariedade no sistema de ar-condicionado, proliferação de insetos no interior do prédio, terreno cheio de mato, cadeiras e armários quebrados, entre outras mazelas.
Servidores pedem mais atenção do Governo federal
O SPU já esteve em Itaituba por duas vezes e levantou toda a problemática, com a promessa que de o prédio seria revitalizado para atender a demanda do atendimento que é grande, com média de cem pessoas por dia, tanto de Itaituba como dos demais municípios da região. Mas o projeto gorou e não saiu do papel, por falta de verbas em Brasília. O órgão atende com expedição de carteira de trabalho, seguro desemprego, entre outros importantes atendimentos para a categoria de trabalhadores que estão sendo prejudicados com a inércia do governo federal.
A Subseção da OAB de Itaituba interveio na questão e solicitou à OAB Pará diretamente ao presidente da entidade, Dr. Jarbas Vasconcelos, para que haja cobranças e denúncias ao Ministério Público Federal para que esse quadro dantesco seja mudado. Em todo o Brasil o movimento eclodiu em forma de denúncia pelo descalabro. Para Marcela Mota, chefa do setor, a situação está insustentável, sem falar no reduzido número de funcionários que se resume em uma auxiliar de serviços gerais, um vigilante, e duas do setor administrativo.
Sobre o aluguel do prédio, ela disse que o mesmo foi pago apenas na gestão do então prefeito Roselito Soares. Mas o privilégio da negligência administrativa não é apenas em Itaituba, desde o dia 7 de fevereiro deste ano auditores fiscais do Trabalho interditaram o prédio da Superintendência Regional do Pará, em Belém. E a posição de todos os funcionários(as) é que eles não continuarão trabalhando nas condições em que se encontram.
A falta de investimentos e de apoio do governo federal só muda de endereço, porque a imagem de terra arrasada é a mesma em todo o País. No prédio de Itaituba, por exemplo, daria tranqüilo para servir de cenário para um filme de terror categoria B.
Fonte: RG 15/O Impacto e Nazareno Santo
Câmara decide obstruir e adia votação de veto sobre municípios



Com receio do baixo quórum entre os senadores, as bancadas da Câmara lançaram mão da obstrução e adiaram a votação do veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto que regulamenta a criação dos municípios (PLP 416/08). A sessão foi acompanhada por vários manifestantes a favor da criação de novos municípios que, das galerias, cobraram a derrubada dos vetos.

Um dos articuladores da manobra para adiar a votação, o deputado Danilo Forte (PMDB-CE) explicou que o baixo número de senadores daria vitória ao governo, já que não seria possível angariar os 41 votos necessários para derrubar o veto. “Para manter viva essa matéria, para não enterrar essa discussão e postergar por dois ou quatro anos com a discussão de um novo projeto, vamos derrubar a sessão e discutir esse tema na próxima sessão do Congresso”, explicou Forte.
A obstrução foi seguida pela maioria dos partidos, deixando apenas o PT na defesa da votação do veto ainda nesta terça-feira. A nova data de votação será definida pelo presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, mas alguns parlamentares defenderam que ela seja realizada na próxima terça-feira (25).
O líder do governo no Senado, senador José Pimentel (PT-CE), lamentou. “O governo queria votar, garantiu o quórum no início dos trabalhos, mas os partidos na Câmara impediram a votação”, disse. Ele não quis comentar sobre a estratégia do governo diante do impasse ou se o governo aproveitaria o tempo para costurar melhor um acordo em torno de um novo projeto. “Cada dia com sua pauta”, afirmou.

Expectativa de votação

Entre os líderes da Câmara, a sensação é de que o veto certamente seria derrubado pelos deputados, mas não havia certeza em relação ao voto dos senadores. Como o projeto é de autoria do Senado, a votação começa pelos senadores. Se o veto for mantido no Senado, os deputados sequer são chamados a voto.

Desde o começo da tarde, os líderes de grandes bancadas na Câmara, como o PMDB e PSD, defenderam abertamente a derrubada do veto. O líder do PSD, deputado Moreira Mendes (RO), disse que as bancadas governistas racharam sobre o tema durante a reunião de líderes da base.

Novo projeto

Ao mesmo tempo, o governo procurou fechar no Senado um acordo em torno de um novo projeto de lei, que tenha critérios específicos para cada região. O líder do governo na Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) defendeu a nova proposta.

“A lei vetada é mais restritiva que a lei anterior, o que é um avanço. Ao mesmo tempo, ela iguala situações distintas – uma coisa são os estados do Sul e Sudeste, outra de outras regiões. Então, a discussão que se faz quer ajustar esta concepção”, explicou Chinaglia.

Defesa dos municípios

Em Plenário, os discursos foram todos a favor da derrubada do veto, tanto entre senadores quanto entre deputados. A maioria dos que subiram à tribuna representam estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, que seriam os mais beneficiados com a nova legislação.

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Manifestantes a favor da criação de municípios acompanharam a sessão nas galerias do Plenário.
O autor do projeto, senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), disse que o texto é moralizador e foi amplamente negociado com o Palácio do Planalto. "Foram 12 anos de tramitação", disse.
Relator do projeto no Senado, o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu a derrubada do veto. Ele disse que a proposta não terá tanto impacto nas contas públicas quanto imagina o governo.
Já o deputado Armando Vergílio (SDD-GO) disse que não se pode negar a distritos com grande população a possibilidade de se emancipar. "O projeto traz critérios específicos para cada região", ressaltou.
Para o deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), trata-se de devolver aos estados o poder de decidir sobre a criação e a fusão de municípios. "Na Constituição, trouxeram dos estados para a União esse poder de deliberar sobre a emancipação de municípios."
Por sua vez, o deputado José Augusto Maia (Pros-PE) disse que, se o projeto estivesse em vigor há mais tempo, cerca de 2.500 municípios não teriam sido criados. "Estamos devolvendo critérios rígidos", disse.
Para o senador Mário Couto (PSDB-PA), o governo não sabe escolher as suas prioridades. "O governo vetou o projeto porque não tem mais dinheiro para investir nos municípios, mas aceitou gastar milhões na Copa do Mundo", criticou.


Fonte: Agência Câmara

às 23:00

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A Seguradora Líder DPVAT em 2013 registrou um aumento significativo do número de pontos de atendimento para solicitação do seguro, chegando a 7.757 contra 4.783 em 2012, um aumento de 62%.

Uma parceria com os Correios permitiu que agências servissem como pontos de atendimento possibilitando uma presença em 100% dos municípios do território nacional.

Agora, além de dar cobertura a todos os brasileiros, a solicitação do DPVAT está mais acessível para todos.

Atingir todos os municípios brasileiros é uma conquista da sociedade, do DPVAT e seus parceiros, da SUSEP, órgão que fiscaliza o sistema, dos Correios, pelo apoio da sua rede e dos veículos de comunicação, que divulgam ao como ter acesso ao DPVAT, no caso de acidente.

Em 2013 foram pagas 633.845 indenizações pelo Seguro DPVAT, que totalizaram R$ 3,2 bilhões, representando um aumento de 25% em relação a 2012.

Além de proteger todos os brasileiros, o DPVAT fornece uma radiografia dos acidentes no país, muito útil para orientar as políticas públicas.

Um exemplo é o crescimento de 26% nas indenizações por invalidez permanente distribuídas em 2013, que totalizaram 444.206 pagamentos. Esta foi a cobertura com maior incidência de pedidos, registrando 70%. A maioria para acidentes com motociclistas.

Acidente com motocicletas foram responsáveis por 71% das indenizações pagas em 2013, embora as motos representem apenas 27% da frota nacional. Em seguida, os automóveis, que somam 60% da frota, foram os veículos responsáveis por 24% dos acidentes indenizados.

A boa notícia foi a redução de 10% no número de indenizações pagas por morte no Brasil. A Seguradora Líder DPVAT realizou pagamentos em 2013 de 54.767 benefícios por acidentes fatais, ante 60.752 em 2012.

Quando analisado o perfil das vítimas, 60% dos benefícios foram pagos para os condutores (53% para motociclistas e 7% para motoristas dos demais veículos), seguido pelos pedestres (22%) e por passageiros dos veículos (18%).

Dos recursos arrecadados pelo DPVAT, 45% são destinados ao SUS (Sistema Único de Saúde) para ajuda no custeio do tratamento de vítimas de trânsito. Em 2013 este valor superou R$ 3,6 bilhões, enquanto, em 2012, foram direcionados R$ 3,2 bi ao SUS.

Outros 5% são destinados ao Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) para realização de campanhas educativas e ações preventivas no trânsito brasileiro. Em 2013, foram entregues mais de R$ 400 milhões ao órgão.



A solicitação do DPVAT é gratuita e a própria vítima ou beneficiário pode ir a um ponto de atendimento em posse da documentação completa para dar entrada no benefício. Com a documentação correta, a indenização é paga em até 30 dias. Mais informações pelo 0800 022 12 04 ou no site dpvatsegurodotransito.com.br.

O delegado de Jacareacanga, Dr. Lucivelton Ferreira dos Santos, recebeu uma denuncia da Superintendência do Tapajós, que familiares da menor V. D. G., de 17 anos, natural de Itaituba e residente naquele município, encontrava-se em situação de exploração sexual no Garimpo do Abacate, região de garimpeira de Jacareacanga. O Dr. Lucivelton Santos, elaborou um Planejamento Operacional para efetuar diligência até ao referido garimpo. 
Policiais Civis e Militares, após percorrer mais de 300(trezentos)kilometros, debaixo de forte chuva pela Rodovia Transamazônica, ramais e caminhada, chegaram no referido garimpo. Ali foi observado que a menor estava trabalhando como cozinheira para os donos das máquinas do garimpo, onde iria receber/mês 15(quinze) gramas de ouro para realizar aquele trabalho, e que também, a menor declarou para os garimpeiros que tinha a idade de 18 anos. A menor foi resgatada e apresentada para o Conselho Tutelar de Jacareacanga que levou a menor até a cidade de Itaituba, onde entregou a mesma para os seus pais. 




Com ensinamento básico, poucas horas, sem o pleno conhecimento do homem, da máquina e do meio ambiente, dos riscos e adversidades, de atos e condições inseguras concede-se a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), tudo vindo a constituir o principal fator desencadeante da grande sinistralidade no nosso país. Pior, sabemos que 93% dos nossos acidentes são causados pelo condutor.


Sabendo dos riscos que uma máquina sobre rodas pode causar, e as estatísticas de sinistralidade comprovando isso, não podemos entender como o estado faz a concessão de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) quando o candidato sabe apenas dirigir no trânsito a 30 ou 40 Km/h e fazer uma baliza (estacionar). As coisas mais simples são passadas. Esse é o mínimo fornecido nas aulas práticas como ensinamento na formação daquele que ao receber a CNH comemora como se tivesse conquistado um diploma universitário. Falando em curso de qualquer formação, guando o concluímos, somos levados a um estágio com monitores, instrutores ou coisa parecida como uma complementação e o desenvolvimento de habilidades.


No Curso de Formação de Condutores, após término, vamos para o estágio sem monitor ou instrutor e colocamos em prática o pouco que aprendemos em vinte dias (20 h), quase sempre com manias, vícios que adotaremos para o resto da vida já que nem educação continuada (reciclagem) está programada como manutenção da qualidade da atividade desenvolvida na direção veicular. As leis, resoluções, sinalizações surgem a todo o momento e não é dado conhecimento obrigatório ao motorista. Não se conhece os fatores de risco envolvendo o homem, a máquina e o meio ambiente. Acelera-se, freia-se, buzina-se sem o pleno conhecimento da repercussão sobre a saúde. Muda-se de veículo, de direção mecânica para hidráulica, de câmbio comum para o semiautomático ou automático, do freio mecânico para o ABS com informações rápidas fornecidas por um “vendedor”. Vamos para as ruas, sem nenhuma experiência conhecer a real manipulação dos novos acessórios.


Nenhum piloto de aeronave muda o tipo da máquina que está voando para outra sem passar horas no simulador da nova aeronave. É só assim, fornecendo pleno conhecimento da máquina é que vamos formar de maneira consciente e responsável o piloto, o motorista e o motociclista.


Aliás, vale lembrar que o motociclista chega a possuir a carta com treinamento prático em ambiente confinado, sem nenhum conhecimento prático no trânsito. Examinado também em ambiente confinado recebe a CNH e vai praticar o aprendizado individualmente no trânsito louco dos grandes centros.




Parece haver um total abandono a preservação da vida.


O tempo é curto, somente ensinamento básico é fornecido para o aluno transitar. Nada é ensinado com relação aos riscos, adversidades, perigos que serão enfrentados em determinadas situações, de dia, à noite, na cidade e na rodovia. Atividade na chuva, piso escorregadio, neblina, névoa, saber se conduzir diante do ofuscamento, frear o veículo com freio comum e ABS, desviar de obstáculos em situação de emergência e muitos outros. A educação preventiva, defensiva, evasiva aplicada na prática, hoje, não é considerada importante. Ter conhecimentos mínimos de física para entender o ponto de equilíbrio de forças atuantes que levam o veículo à capotagem, a derrapagem e outras situações. O tangenciamento de uma curva. A cinemática do trauma, isto é, quando essas forças atuantes sobre o veículo são capazes de causar lesões ao pedestre, ao passageiro e ao próprio motorista. Tudo compõe uma quantidade e qualidade de ensinamentos necessários a real formação de um condutor.


Hoje, é fornecida a CNH, o motorista recém-formado, acreditando ser portador de todos os conhecimentos necessários, parte para o aprendizado dos riscos e adversidades isoladamente.


Fazer cumprir a Resolução do CONTRAN, nº 444, de 25 de junho de 2013, a partir de 01 de janeiro de 2014, é parte de ações necessárias para cumprir a orientação da ONU para que nessa década tenhamos a redução de 50% dos óbitos no trânsito.


Estou convicto de que é hora do DENATRAN – CONTRAN atuar de maneira veemente na formação de nossos motoristas. Ampliar horas de treinamento, fazer uso obrigatório de simuladores onde todos os atos e condições inseguras, adversidades, riscos, emergências seriam treinados (20h), para dalí, conhecendo os riscos, partir para a atividade prática de rua na área urbana, na rodovia, de dia e à noite (20h).


O instrutor observa e registra todos os erros cometidos, repassando orientação para as respectivas correções. Pode ainda detectar déficit de atenção e múltiplos distúrbios de comportamento que comprometerão a direção veicular. Nesses casos, faria retornar o candidato ou condutor ao serviço médico. Estaríamos ampliando o controle de qualidade dos nossos condutores.


A ampliação da resolução deveria estar voltada para todas as categorias. Hoje, vemos a preocupação de várias empresas da área de transporte dando treinamento em simuladores a seus funcionários. Educar e reciclar é preciso, erros e vícios de direção são praticados sem a percepção do condutor.


O investimento para ampliação de conhecimentos será o principal elemento na boa formação de nossos motoristas bem como o maior redutor da sinistralidade. Teremos, sem dúvida, uma redução acentuada da triste estatística de óbitos, vítimas e sequelados no nosso trânsito. Americanos afirmam que se pode chegar a uma redução de 54% dos acidentes quando são aplicados os simuladores.


Com a limitação do conteúdo programático dado pela legislação (curso insuficiente para as necessidades de hoje), o artigo 153 do Código de Trânsito Brasileiro, ainda, injustamente, impõe punição para os instrutores e examinadores conforme regulamentação estabelecida pelo CONTRAN.


Só existe boa formação quando há investimento e o desenvolvimento tecnológico, hoje, permite irmos muito além de tudo que vemos na formação de nossos condutores.


Só com excelente formação nos aproximaremos do acidente zero.


Dr. Dirceu Rodrigues Alves Júnior- Diretor de Comunicação e do Departamento de Medicina de Tráfego da Abramet

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Se pretende economizar escolha um automóvel que consome menos combustível


Comprar um carro é um "investimento" no qual você deve refletir com calma e tempo. Lembre-se que vai gastar uma boa quantia de dinheiro, e por isso, deverá fazer a escolha certa.


Antes de comprar um carro novo faça uma análise do tipo de veículo que realmente precisa e de quantos quilômetros faz diariamente. Descubra como escolher o carro mais econômico e adequado às suas necessidades reais.


Tipo de utilização
Não deixe a emoção sobrepor-se à razão. Pense no carro mais adequado para as suas necessidades e não no carro que acha mais "bonitinho". É necessário analisar o tipo de utilização que costuma fazer, os estilos de condução - que pode ser urbana, em rodovias ou mista -, e ainda o número de quilômetros que faz anualmente. Caso faça muitos quilômetros diários, a motorização a Diesel poderá ser uma boa opção.


A escolha do veículo certo 
Se não tiver a menor ideia sobre como iniciar a sua pesquisa, comece por definir a categoria do carro. Os carros compactos, por exemplo, são mais ágeis no trânsito e mais fáceis de estacionar, podendo ser uma boa opção para quem mora numa cidade grande. Já um veículo do segmento familiar poderá ser o ideal para quem tem uma família grande.


Baixa redução de CO2
Melhor tecnologia não é sinônimo de preço mais elevado, por isso opte por tecnologias eficientes e descubra as vantagens de veículos ambientalmente mais "corretos". Se escolher um carro com baixa emissão de CO2, você terá um consumo de combustível mais baixo e, ao mesmo tempo, estará contribuindo para um ambiente mais limpo. Desta forma, poupa o ambiente e a sua carteira.


Manutenção 
O custo de manutenção é outro aspecto a ser considerado. Descubra quais os automóveis que têm os preços mais competitivos, bem como as campanhas de fidelização que permitem ao cliente realizar assistência na marca a preços moderados.


Valor residual
Pense também no futuro e informe-se do valor residual atribuído do modelo que escolheu. Assim, quando, daqui a uns anos, quiser trocar de carro terá uma ideia do valor que vão pagar pelo seu antigo carro.


‘Test-drive' 
Encare o test-drive com seriedade. Isso significa não só prestar a máxima atenção nos detalhes do carro, mas deixar isso evidente – o que ajuda a convencer o vendedor que você está mesmo interessado em comprar o veículo e, em contrapartida, fornecer todas as informações que você precisa de forma clara e objetiva.

sábado, 15 de fevereiro de 2014



Na madrugada do próximo domingo (16) termina o horário de verão e os relógios devem ser atrasados em uma hora nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A ação começou a valer no dia 20 de outubro do ano passado. O governo ainda não divulgou os impactos da medida para o País. A expectativa do Ministério de Minas e Energia era a de que a redução da demanda nos horários de pico, com a adoção do horário de verão no período 2013-2014, ficasse entre 4,5% e 5%, com redução de consumo geral do sistema de 0,5% em média.

No Distrito Federal, a redução da demanda máxima de energia no horário de pico (das 18h às 21h) foi 4%, representando demanda da ordem de 45 megawatts (MW). Segundo a Companhia Energética de Brasília (CEB), a redução equivale a, aproximadamente, um alívio no carregamento do sistema correspondente à carga da cidade do Guará no horário de ponta.

Inicio

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então presidente Getúlio Vargas. A medida é adotada sempre nesta época do ano, quando os dias são mais longos por causa da posição da Terra em relação ao Sol, e a luminosidade natural pode ser melhor aproveitada, reduzindo o consumo de energia nos horários de pico e evitando o uso de energia gerada por termelétricas, que é mais cara e mais poluente do que a gerada pelas hidrelétricas. Também no fim do ano há um aumento na demanda por energia, resultante do calor e do crescimento da produção industrial por causa do Natal.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014



domingo, 9 de fevereiro de 2014


Screenshot
As ruas de Itaituba são conhecidas por números e quando alguém te pergunta onde fica uma rua pelo verdadeiro nome você sabe? Pensando nisso desenvolvemos um aplicativo para lhe ajudar, você pode ter em seu celular, basta clicar neste link   e baixar em seu aparelho. Avalie e deixe um comentário. 

Clique no link abaixo para baixar em seu aparelho.



Dep Hilton Aguiar

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A manifestação continua em Itaituba... e agora a pouco uma equipe da coordenação trancaram a entrada do aeroporto e outros foram até a pista de pouso e proibiram a decolagem das aeronaves que estavam em terra, a proibição demorou por 30 minutos, a pois isso o DAVI pediu desculpas pelos transtornos aos passageiros e explicou o por quer da manifestação.

Aquivo deste blog